Início » Testemunhos » Como consegui estar com o amante e com o namorado no dia de São Valentim

Como consegui estar com o amante e com o namorado no dia de São Valentim

Como consegui estar com o amante e com o namorado no dia de São Valentim

Hoje na comunidade Casadas Infiéis, apresentamos-lhe o testemunho da Joana, que no dia dos namorados, conseguiu estar com o amante e com o namorado.

Ela irá explicar como é que conseguiu, já que muitas pessoas gostariam de o ter feito. De forma a garantir a sua privacidade, alguns dados foram alterados.

Estar com o amante e o namorado no dia de São Valentim – Como o consegui fazer

“Olá, chamo-me Joana e resolvi partilhar hoje convosco o meu testemunho de como consegui no dia 14 de fevereiro, dia dos namorados, estar com o meu amante e com o namorado.

Embora para muitas pessoas esta possa ser uma tarefa completamente impossível, eu admito que no meu caso as coisas estão um pouco mais facilitadas.

Estou a viver com o meu namorado há cerca de 1 ano, mas como a grande maioria das pessoas, ele tem um trabalho das 09h às 18h (fora as deslocações e o tempo perdido no trânsito).

Eu também trabalho, mas, tenho a sorte de o poder fazer a partir de casa e de conseguir ser eu a gerir o meu tempo e o trabalho que entrego diariamente.

Assim sendo, para conseguir a proeza de estar com o amante e com o namorado neste dia tão romântico, tive de me organizar (porque o trabalho não se faz sozinho).

Outro ponto que tenho a meu favor, é que o meu amante vive 3 ruas abaixo de mim, por isso não foi nenhum caso que tenha surgido através de sites de relacionamentos (que embora sejam uma opção eu nunca precisei).

Desta forma, como podem ter percebido, foi muito simples conciliar as duas coisas. Como o namorado trabalha durante o dia tínhamos combinado sair para jantar e fazer um programa romântico durante a noite.

Como o amante está desempregado, consegui estar com ele durante grande parte da manhã e ainda deu para almoçarmos os dois num restaurante relativamente perto de casa.

Obviamente que como tenho disponibilidade de tempo, foi simples conciliar estar com os dois neste dia, mas acredito que para quem tenha um horário de trabalho das 9/18h não seja assim tão simples.

Contudo, se a relação com o vosso amante não for exclusivamente sexo podem aproveitar para se encontrarem pelo menos há hora de almoço. Sei que não é muito tempo, mas dá para desfrutarem de uma refeição e com sorte de uma rapidinha em qualquer lugar mais privado.

A técnica para estar com o amante e com o namorado (em qualquer dia do ano) passa simplesmente por tornarem as vossas agendas compatíveis. Se o fizerem, vão ver que é muito mais simples.”

Este foi o testemunho simples e prático da Joana, que consegue dar a volta à situação e aproveitar o melhor dos dois mundos: estar com o amante e com o namorado em qualquer dia do ano!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.